sábado, 26 de setembro de 2009

Menta e loureiro


Maravilha, um sábado com algum tempo livre! Fui ao horto e comprei um loureiro e uma menta.
Bem, lá vou eu para a varanda, reenvasar uma planta ;)

Bolo de ananás e iogurte grego

Um bolinho para acabar com o ananás que tinha no frigorífico.
Assim, triturei 4 rodelas de ananás com 1 iogurte grego no liquidicador. Na batedeira, misturei 5 gemas de ovo com 1 caneca de açúcar e, depois, com 1 caneca de farinha e 1 colher de chá de fermento. A seguir, adicionei o ananás batido com o iogurte e, por fim, envolvi 5 claras batidas em castelo. Cozeu a 200 ºC em 30 minutos.

Aqui, na companhia de mais iogurte.
Um bom sábado ;)

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Salada primaveril de Outono


…de peixe e vegetais. Mais outro almoço muito rápido!
Introduzi na forma para omeletas 1 lombo de pescada ainda meio congelado, temperei com sal, sumo de lima e mostarda com grãos, e cozi no microondas durante 1 minuto. Retirei, cortei em 3 pedaços e levei ao micro mais 1 minuto. A seguir, preparei uma salada com pimento vermelho, beterraba, ananás e ainda um restinho de atum que habitava o frigorífico, coloquei a pescada por cima com 1 fio de azeite, e cá vamos nós mais 1 minuto e meio. E está pronta a servir!

Agora tem sido assim, para almoçar mais cedo, senão começo a comer tretas e engorrrrrdo...

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Sandoska de omeleta de atum com salmão fumado


Pois também de pão vive a mulher!
Durante a semana, tento fazer a mais ao jantar para não perder tempo ao almoço. Mas ontem não tinha mesmo nada. Então, fiz uma belíssima omeleta no microondas (numa forma própria), com 1 ovo e meia lata de atum. Fica pronta em 1 minuto. Foi só enrolar, enfiar num pão, guarnecer com uma fatia de salmão fumado e acompanhar com um café, para recomeçar a bombar logo a seguir.

Já viram que rica coisa?
Até estreei o conjunto de chávena e pires oferecido pelos meus sogros ;)

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Flan-gâteau de chocolate


…porque ficou com uma consistência entre bolo e pudim (aliás, este blog, em vez de Panificadora, devia chamar-se Pudinficadora!).
Fi-lo para estrear a minha forma de flan e também para experimentar o Creme culinário Vaqueiro, oferecido na última entrega do Continente Online (credo, tanta publicidade junta!).
Assim, bati ligeiramente o creme culinário com 3 ovos inteiros, adicionei 1 colher de farinha maisena, 1 colher de açúcar e 1 tablete (menos uns quadradinhos que eu ratei…) de chocolate preto para culinária, previamente derretido no microondas com 1 colher de leite. Foi a cozer em banho-maria durante 1 hora, em forma caramelizada.

E já comi uma fatia... Ficou mesmo cremoso!

domingo, 20 de setembro de 2009

Lombos de pescada gratinados com creme de marisco


Olá! Ando sem grande tempo, nem imaginação (e ligeiramente neurótica também…) e toda a semana com “prego a fundo”. Então, tem sido tudo o mais prático possível, como estes lombinhos de pescada, singelamente temperados com limão, sal e pimenta branca. Passados por farinha e alourados numa frigideira com margarina, foram numa assadeira ao forno, por cima de batata aos cubos, entretanto frita, e por baixo de um molho preparado na restante margarina, com um pacote de natas e 2 colheres bem cheias de creme de marisco em pó (ai que me sobe o colorau!). Para suavizar a coisa, acompanhei com um apaziguante arroz branco.
Bom fim de domingo e uma excelente semana para nós todas e todos!

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Lombinhos de salmão com tortilha de arroz



Finalmente, um novo “poste”. Na semana passada, não deu tempo para nada e, para culminar, fiz anos no sábado, de modo que...

Andava eu com desejos de qualquer coisa amarela que comi num restaurante mexicano. Acho que era alguma coisa de milho. Não sei. Então, para acompanhar uns lombinhos de salmão, temperados de sal, pimenta branca e limão, passados por farinha e dourados numa frigideira apenas untada com óleo, fiz uma tortilha de arroz. Cozi uma chávena de arroz, depois de o saltear em azeite e alho, só com uma chávena de água. Soltei o arroz com um garfo e, depois de arrefecido, envolvi-o em 2 ovos batidos e fritei-o ligeiramente em margarina. Ficou muito bom ;)

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Bacalhau com natas em massa folhada



O bacalhau sentiu falta de aconchego. Então, depois de o passar, demolhado e desfiado, por um refogado grande com azeite, cebola e alho (o bacalhau quer alho, já se sabe!), e de o acompanhar por grão-de-bico cozido, escorri e mergulhei tudo num béchamel de margarina, farinha de trigo, natas e queijo ralado, que derrete ao levantar fervura.
Numa assadeira, já estava à espera uma cama de massa folhada bem estendida. Depois de deitadinha a mistura, cobri com a massa que ficou a pender dos lados e espalhei por cima dois ovos batidos.
Vai ao forno a 250 ºC, que temos pressa, com o tabuleiro o mais alto possível, e em 10-15 minutos está pronto!

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Queques de líchias


…que fiz para o lanche de ontem. Bati 1 chávena de açúcar com 2 ovos, adicionei ½ chávena de calda de líchias em conserva e, a seguir, 1 chávena de farinha com 1 colher de chá rasa de fermento e um pouco de mel. Distribui por 6 formas de queques e coloquei uma líchia em cada. Foi a forno pré-aquecido a 200 ºC durante 20-25 minutos.

Os queques aqui de perna aberta, para verem o interior ;)



domingo, 6 de setembro de 2009

Arroz de coco, camarão e salmão fumado


…com um toque de caril, para fazer um arroz de camarão diferente.

Depois de alourar alho e cebola em azeite, coloquei o arroz e os camarões, deixando fritar também um pouco. No momento de adicionar a água, substitui metade da água por leite de coco, e temperei com sal, coentros em pó, pimenta preta e rosa, um pouco de sumo de limão e uma colherinha de caril. Depois de cozido, soltei o arroz com um garfo e, já no prato, dispus salmão fumado por cima.

(Ai o coco sem acento circunflexo... malditos acordos ortográficos!)

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Tarte de laranja e mascarpone



Uma tarte para experimentar mascarpone pela primeira vez.
Comecei por fazer a base da tarte com 1 pacote de bolachas shortcake moídas e ligadas com margarina. Forrei uma forma de fundo amovível com esta mistura, comprimindo bem (até porque já só tinha um pouquinho de margarina (é a crise!)), e coloquei no frigorífico para endurecer.
Depois, bati uma embalagem de mascarpone com 1 iogurte grego e 1 saqueta de gelatina de laranja em pó. Bem batido, espalhei por cima da base de bolacha e coloquei novamente no frigorífico. Umas horas depois, tudo já mais durinho, rematei com geleia de morango, porque não encontrei de laranja (a crise continua...), muito ligeiramente aquecida para espalhar melhor. Mais frigorífico até ficar geladinho.
Para saborear relaxadamente, à noite, quem sabe se na caminha...

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Grão-de-bic’ada de lulas


Adoro grão-de-bico desde criança. Já tinha feito feijoada (que também adoro) de lulas, mas grão-de-bic’ada foi a primeira vez.

Refoguei em azeite alho e cebola, e adicionei polpa de tomate. Introduzi as lulas (compradas já arranjadas) no refogado e cobri com água fria. Temperei com sal, pimenta branca, coentros moídos e piri-piri (ah, pois!). Quando já estavam cozidas, juntei 1 cenoura às rodelas, o amigo grão-de-bico (pré-cozido), um pouco de feijão preto que tinha a sobrar no frigorífico e uma mão cheia de macarrão. É só deixar apurar até ficar mesmo no ponto ;)

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Filetes de solha gratinados



(Que chatice: logo hoje que me deitei cedo, tenho sono, mas não consigo dormir… E eu que durmo “na cabeça de um tinhoso” (salvo seja)!)

Jantar a jacto de hoje: filetes de solha, alegremente temperados com sumo de limão, leite, alho, pimenta branca e sal.
Fritei batatas aos palitos que passaram para uma assadeira, onde foram cobertas por 2 ovos batidos com uma mão cheia de queijo ralado. Por cima, coloquei os filetes, muito ligeiramente salteados na frigideira das batatas, com o óleo já escorrido. Para rematar, pimento às rodelas, azeitonas pretas, mais pimenta branca, um fio de azeite e um pouco de maionese. Tudo a gratinar em forno bem quente (250 ºC…). 15-20 minutos e já está!