sábado, 1 de Novembro de 2014

Madalenas de cenoura





A cenoura faz os olhos bonitos. E eu tenho feito o que faço em alturas de muito trabalho - comido uma série de coisas nocivas -, por isso ontem foi dia de ter juízo e abastecer-me de fruta e legumes bem frescos. E encontrei umas cenouras mesmo bonitas, ideais para estas madalenas.

Corta-se uma cenoura gradita em pedaços e tritura-se no liquidificador com 2 ovos. Vai isto para a batedeira, para amassar com 2 colheres de sopa de óleo, 1 chávena de açúcar e outra de farinha. Ainda está um bocadinho líquida a massa, junta-se mais um pouco de farinha e de açúcar, e um toque de canela que liga bem com a cenoura. Está pronto a ir para forminhas de madalenas e outras de bolinhos, que só tenho 9 para madalenas! Forno a 200 ºC durante 20 minutos.

Que bem ficava aqui um gatinho preto! Ou um gatinho a sério. Mas o meu pretito está doentinho e com um "funil" na cabeça, e as gatas andam assustadas e escondidas dele, enfim… Bom sábado!
                                                                                                              

                                                                                       

domingo, 26 de Outubro de 2014

Bolos de arroz com nozes




Muito parecidos com estes daqui, mas desta vez feitos com nozes, porque comprei uma quantidade avassaladora delas!

Vamos a isto: na batedeira, 3 ovos com 1 chávena de açúcar, 3 colheres bem cheias de margarina, 1 chávena de farinha de arroz, 1/2 chávena de farinha de trigo e um niquinho de fermento. Tudo bem batido, verte-se em 6 forminhas para queques, enchendo apenas até ao meio, coroa-se cada uma com 2 ou 3 metades de nozes e leva-se ao forno pré-aquecido a 180 ºC durante uns 30 minutos. E está o lanche ou o pequeno-almoço de amanhã. Bom domingo!

quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Sobremesa de iogurte, bolacha e amoras





Agradam-se de uma sobremesa facílima, fresquílima e pronta num instantinho? Pois cá vai! 

Tirem um café longo e deixem-no arrefecer. A seguir, vão ao frigorífico e escolham 3 iogurtes. Ao lado dos iogurtes, há uma lata enorme de leite condensado, pelo que se juntam 4 boas colheres dele aos iogurtes. Junta-se também amoras desfeitas e isto já está. 



Agora molha-se ligeiramente uma bolacha no café, coloca-se num copo, cobre-se com uma colher do creme de iogurte e é continuar assim em linha de montagem até atestar os copinhos (dá para 4). No topo, amoras e uns pozinhos de açúcar baunilhado.

No dia seguinte, geladinho, é melhor ainda!

segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Bacalhau lascado com couve e batatas no forno





Pode ser mais um bacalhau? Ok. Começa-se por ligar o forno. A seguir, descasca-se e corta-se em quartos batatas para cobrir o fundo de uma assadeira. Salpica-se com sal, alho em pó e pimenta, junta-se um bom fio de azeite, borrifa-se com um nadinha de vinagre, envolve-se muito bem e vai já para o forno a 200 ºC durante 30 minutos. Agora trata-se do bacalhau, cozendo-o durante uns 10 minutos. Escorre-se o bacalhau e deixa-se arrefecer para o abrir em lascas. Aproveita-se, entretanto, a água a ferver para cozer couve cortada em tiras numa fervurinha rápida. Vamos só ali ao forno sacudir as batatas… O que falta? Fazer uma cebolada com azeite e cebola às rodelas. Acrescenta-se alho picado, ferve mais um bocadinho e junta-se o bacalhau lascado. Mais um bocadinho de sal e pimenta branca. Um niquinho de vinagre talvez para arrebitar. Escorre-se a couve, salteia-se em azeite e alho picado, e vira-se para cima das batatas na assadeira. Por cima o bacalhau, uma nuvem de pão ralado e volta tudo para o forno bem quente durante mais uns 10-15 minutos. Está pronto! 

quinta-feira, 16 de Outubro de 2014

Bolo de fubá e mirtilos





Estou a comer mais uma fatia, digamos, a quarta, desde que fiz este bolo ontem, por volta da meia-noite. Está bom, não dá dúvida. Sigamos: na batedeira, a andar à roda, 6 ovos com 2 chávenas de açúcar, bem batidos em creme, avançando-se com 1 chávena e 1/2 de farinha de trigo, outra chávena de farinha de fubá, raspa de limão, 3 colheres de sopa de margarina e, temendo-se que não fique tremendamente doce, 2 colheradas de leite condensado que tinha aberto no frigorífico (comprei 2 latas enormes, chiuuu…). Nada mais há a fazer, a não ser untar uma forma com margarina, deitar lá dentro a massa e salpicar com uma caixinha de mirtilos. Forno a 180 ºC durante uns 40 minutos e habemus bolo!